Pelos Caminhos de Portugal – FARMÁCIA MODERNA

1) O que mais valoriza num armazenista?

Valorizamos sobretudo a capacidade de diferenciação entre clientes (de uma forma positiva), ou seja, demonstrando flexibilidade em adequar os seus serviços à realidade de cada farmácia, e neste campo incluímos: horários de distribuição, acesso a medicamentos de disponibilidade reduzida (um fenómeno dos últimos anos), a realização de campanhas adaptáveis quer em referências, quer em quantidades, etc… São também importantíssimas a clareza e a exatidão das políticas comerciais. Valorizamos também o papel do Gestor de Cliente, nas vertentes do acompanhamento e disponibilidade.

 

2) Para si, de que forma a Alliance Healthcare acrescenta valor à sua Farmácia?

A Alliance Healthcare consegue de forma positiva, responder a aspetos por nós considerados essenciais, nomeadamente através da sua política comercial e do seu modelo de segmentação de clientes. Destacamos também o serviço de call-center, pela rapidez na resolução de situações do dia-a-dia. A nosso ver, os operadores encontram-se bem preparados para responder a dúvidas sobre produtos de saúde (não só medicamentos), ajudando a farmácia a escolher o mais adequado à situação que lhes apresentamos, o que acrescenta valor ao serviço prestado pela farmácia ao utente. Obtivemos inclusivamente, ajuda a nível de produtos de uso veterinário, um segmento para o qual admitimos a nossa menor preparação.

 

3) O que mantém a equipa motivada para continuar a exercer a sua missão diariamente e com brio?

As motivações da nossa equipa, penso que serão comuns às da maioria das farmácias que se encontram em zonas demográficas semelhantes. Ou seja, como nos inserimos num meio essencialmente rural e com população envelhecida, apercebemo-nos mais facilmente de todas as necessidades e não só a nível de saúde…

Conhecer tão bem a maioria dos nossos utentes, é um alento extra ao nosso trabalho e empenho, e é muito gratificante quando vemos e sentimos que fazemos parte da comunidade, da ” família” e que contam com a nossa equipa e com a nossa farmácia. Nos últimos tempos, estes de pandemia, esta sensação de serviço e utilidade foi ainda mais notória.

 

4) Quais são os maiores desafios para o futuro?

Quanto aos maiores desafios para o futuro, e no seguimento da resposta anterior, apontamos sobretudo a faixa etária dos nossos utentes. A falta de serviços, de empresas e de trabalho, dificulta aos casais mais jovens a permanência na aldeia, portanto a falta desta faixa etária e consequentemente a falta de crianças, deixa-nos apreensivos. A juntar a esta realidade, temos ainda a referir o facto da extensão de saúde aqui na aldeia, funcionar apenas um dia por semana. A nossa estratégia tem passado por adequar os serviços, os produtos e as iniciativas a este tipo de população e às instituições nossas parceiras. Será com certeza um dos nossos maiores desafios, a captação de novos clientes e de novos segmentos de mercado.

Panel Heading

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui.